quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Resenha | Príncipe da Noite - Sete Mulheres e Meia - Germano Pereira




Autor: Germano Pereira
Editora: Novo Conceito
Páginas: 368
Avaliação:
    



Intrigante, envolvente, porém não atingiu minhas expectativas.

Em Príncipe da noite, o psicanalista Gabriel vive atormentado em um conflito silencioso entre o seu mundo e o "seu outro eu interior". Para todos ao redor, Gabriel é um profissional exemplar, sem falhas de conduta, alguém que compreende muito bem a mente humana. Porém, ele sabe que isso não é verdade. Guarda um grande segredo para si. Todas às vezes que sua dupla identidade se manifesta ao se interessar e sair com mulheres diferentes, um lapso de memória acontece sendo quase impossível Gabriel identificar os rastros do Príncipe da Noite. Para piorar, não pode revelar a ninguém sobre seu problema mental porque fatos de seu passado podem arruinar sua vida atual, como também sua tão consagrada carreira.

Ao terminar este livro um enorme sentimento de vazio ficou no ar. Admito que gostei muito do contexto, não há pontas soltas ao longo da leitura, todos os fatos se entrelaçam perfeitamente dentro da mente dupla de Gabriel. Talvez por essa razão tenha criado muita expectativa. Li rapidamente, procurando as respostas, mal via à hora de acabar para saber como seria a vida de Gabriel quando seu segredo fosse enfim revelado, então a última página deixa claro quem é o assassino, mas também deixa muitas lacunas abertas. 

Com tantos personagens marcantes, esperava um final mais definido, porém não existe um. Entendo que talvez essa tenha sido a intenção do autor, possibilitar que o leitor imaginasse o que vem depois, o que é válido. Mas com um enredo tão intenso fica difícil aceitar um questionamento na última página seguido pela palavra "fim". Para aqueles que gostam desse estilo de narrativa vão amar este livro, mas aqueles que assim como eu tem a necessidade de saber o final de cada personagem, pode ficar um pouco decepcionado.

Não me entendam mal, o livro é super interessante. Se tivesse uma continuação seria a primeira a comprar. Adoraria saber o que acontece com Gabriel após sua descoberta fatal dos últimos capítulos. Saber como Vitor (seu paciente problemático) reagiria ao saber sobre Rachel, qual a atitude que a família de Chloé tomaria em relação ao Príncipe da Noite. E a pergunta que não quer calar: Será que Sophie teve o mesmo destino das outras mulheres? 

Queria muito ver um aprofundamento sobre a doença mental de Gabriel (Transtorno Dissociativo de Identidade), após os acontecimentos acima, com ele encarando os fatos e com as pessoas conscientes de quem ele é de fato... Enfim como disse anteriormente muitas coisas ficam em aberto, deixando que o leitor faça sua aposta, imaginando os fatos. De modo geral o contexto é muito bom, leitura cativante, mas a lacuna da página final foi o que me fez classificar este livro apenas com três das minhas cinco estrelas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atividades do Blog