quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Resenha | Cidade de Vidro - Cassandra Clare - Livro 3


Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 476
Avaliação:
      


ATENÇÃO: Esta Resenha contém spoilers


Se você ainda não virou fã dos livros de Cassandra Clare, e ama histórias de anjos, demônios, vampiros, lobisomens e até mesmo fadas, após "Cidade de Vidro" tenho certeza que se renderá. Perfeito! Diria que o livro já é "um" dos melhores da série dos Instrumentos Mortais. 

Neste livro, finalmente conhecemos a cidade dos caçadores de sombras, a tão comentada Idris. Novamente Valentim estará atrás de um instrumento para concretizar o seu plano, o Espelho Mortal. Isso acaba levando todos inevitavelmente para Idris de alguma forma. Com Jocelyn ainda em coma, Clary tem apenas um objetivo : encontrar o feiticeiro Ragnor Fell.
Um novo personagem Sebastian Verlac, também terá grande papel de destaque (começando pela capa), desestabilizando nossos shadowhunters favoritos.

Cidade de Vidro é um livro decisivo, encerrando o primeiro ciclo (trilogia) da série. Descobrimos que Jocelyn, sempre foi uma peça fundamental na história quando ela finalmente se recupera, trazendo consigo o grande climax. Com informações privilegiadas, sobre todo o seu passado de Idris, a verdadeira origem de Jace, Sebastian, Clare e seu real envolvimento com Valentim e Luke. Há muitas cenas de combate, perdas e dor. Algumas impactantes e emocionantes (Oh, Max...), assim como várias revelações amorosas (#Malec #Clace e mais). Os anjos também aparecem agora não como referências pelos caçadores de sombras, mas em sua forma real. Raziel, marcará sua presença com chave de ouro neste terceiro livro.

Para os fãs de Magnus, saibam que apesar de a história se passar em Idris é notório que a autora está fazendo alguns fechamentos de assuntos muito desejados pelos fãs de seu universo angelical, e sendo um feiticeiro com mais de 300 anos, claro que Magnus não poderia ser excluído. Além do mais, sua ligação com Alec estará muito mais forte neste livro, deixando todos os fãs #Malec muito felizes. 

Uma grande aliança com o Submundo também é formada em Cidade de Vidro e através dela muito se é discutido sobre o real papel da Clave e suas leis. Durante todo o livro vemos como Valetim conseguiu tudo o que almejou por todos os anos seguintes, como o envolvimento de Hodge o ajudou em seus futuros planos contra Jace e Clare, como um segredo pode corromper não apenas algumas vidas mais todo o mundo dos caçadores de sombras.

Enfim, o terceiro volume da série te conquista não apenas pelos finais surpreendentes de cada personagem, mas pelo fato de a autora com muita criatividade e inteligencia ter ligando tão bem todas as pontas soltas da história. Quando você lê "Cidade de Vidro" fica a impressão, que tudo se originou dele, como se ele fosse o primeiro livro da série. Todas as histórias, segredos, revelações, romances , lutas e batalhas estão neste volume e isso é impressionante para dizer o mínimo. Estou completamente encantada com a série e continuarei lendo os demais livros. #Recomendo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atividades do Blog