quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Resenha | Ensaio Sobre a Fotografia - Vilém Flusser


Autor: Vilém Flusser
Editora: Relógio D'Água
Páginas: 96
Avaliação:
     

Pela perspectiva do autor Vilém Flusser, vemos que a fotografia é bem mais que um gesto de guardar recordações de fatos importantes, é a capacidade de fazer e decifrar imagens. O fator decisivo para este deciframento ocorre quando captamos o propósito, o real significado que ela tem não só para quem a vê, mas também para o fotógrafo que a tira.

Antigamente pela falta da escrita, as imagens traziam a verdade de uma história/época que era possível ser decodificada apenas por seus traços rupestres. Atualmente com a tecnologia as fotografias são manipuladas para se obter perfeição, o que faziam as imagens terem um sentido concreto do passado, hoje faz as mesmas serem um produto de beleza comercial para o mundo.

De modo geral, quase todos possuem uma câmera em suas mãos porém o gesto de fotografar não é como escrever e ler, não basta ter um aparelho para total compreensão deste universo, uma vez adquirida o fotografo amador apenas obedece a seus comandos, desconsiderando a amplitude dos códigos fotográficos. Este jogo obedece ao acaso, não seguindo nenhuma estratégia programada, robotizando os seres humanos a se acostumar a ignorar as verdadeiras funções do modo de utilização de um aparelho fotográfico.

O aparelho fotográfico produz as imagens automaticamente, e o homem já não precisa movimentar os seus pincéis como antigamente, esforçando-se para vencer a resistência do mundo objetivo. Ao invés de movimentar o pincel, o fotografo pode " brincar" com o aparelho, desviando a intenção dos seus inventores para o eu próprio proveito. A autonomia dos aparelhos levou a invenção da sua relação com os homens, e estes sem exceção, funcionam em função dos seus aparelhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atividades do Blog