sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Resenha | Divergente - Veronica Roth - Livro 1


Autora: Veronica Roth
Editora: Rocco
Páginas: 502
Avaliação:
      

Na cidade de Chicago, a sociedade encontrasse dividida em cinco fracções: Abnegação, Amizade, Audácia, Erudição e Franqueza. Porém dentro dessa estabilidade Beatrice descobre que é uma Divergente não podendo ser classificada por um grupo exclusivo de cidadãos e que este fato ameaça sua própria vida. O contexto é dinâmico, cheio de ação e surpresas levando a personagem a sempre tomar decisões imprevisíveis, consciente de que cada ato mal pensado pode lhe custar muito caro. 

Trama inteligente, Veronica Roth, expressa de forma intensa cada emoção de Tris (Beatrice), dando uma sensação quase palpável para o leitor, possibilitando a visualização de cada cenário por sua riqueza de detalhes. Acompanhar o crescimento e amadurecimento de Tris ao longo das páginas é fascinante, ela não fica simplesmente mais forte ao sair de sua zona de conforto, Tris aprende a lidar com a dor de forma sensata mostrando que sacrifícios fazem parte da vida para conquista de um objetivo desejado e todos têm seus medos internos a serem enfrentados. O fracasso ou a vitória está além das aparências, dependendo muito mais do seu foco interior, pois a sua vulnerabilidade acaba por muitas vezes te deixando mais sólido, determinado e corajoso assim como no caso de Beatrice. Exteriormente Quatro/Tobias não apresenta nenhuma instabilidade emocional ou física mas ainda resta medos ocultos dentro do seu ser, o que torna ambos um Casal intrigante e atraente.

Eletrizante, com ação do inicio ao fim, este foi um dos melhores livros que li e tenho certeza que o filme será ainda melhor.



''Acredito nos atos simples de bravura, na coragem que leva uma pessoa a se levantar em defesa da outra.''

Para quem também gostou do livro este site libera diversas informações sobre o livro, filme e muito mais :

http://divergentebrasil.com/


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atividades do Blog