domingo, 16 de fevereiro de 2014

Resenha | A Arte da Guerra - Sun Tzu


Autor: Sun Tzu
Editora: L&PM Pocket
Páginas: 263
Avaliação:
    

Ao ler "A arte da Guerra" fica difícil não afirmar que Sun Tzu, era sem dúvidas um grande estrategista da arte militar. Seus conhecimentos e observação o levaram a limitar os passos de seus inimigos, o trazendo a vitória por diversas vezes. Mas fica a questão, qual a relação de sua obra como os dias atuais?

No início do livro Sun Tzu, após ser chamado pelo rei de Wu, para o ajudar, o mesmo o desafia a comandar e fazer das mulheres do palácio seus novos soldado, porém as mesmas riem de suas ordens, ele por sua vez corta a cabeça de ambas as lideres para mostrar as demais, que ordens devem ser obedecidas, e assim passa seu primeiro conceito " quando quem comanda passa as ordens de maneira clara a culpa são de seus subordinados, porém quando as mesmas falta clareza a culpa é de seu comandante".

Quando uma empresa é gerida por um chefe que deixa claro as regras e o que espera de seus funcionários, acaba se tornando referência dentro e fora da empresa, sendo um exemplo no mercado. Mas quando o setor da empresa é mal administrada e cada membro age da maneira que o convêm , isto levará a empresa a um caminho oposto o que fará muitos a serem demitidos por seus maus comportamentos ou seja cabeças podem ou irão rolar como na lição de Sun Tzu.

Outra citação de Sun Tzu é: " Um pequeno exercito bem disciplinado é invencível sob o comando de um bom general". Sendo assim, quando todos colaboram com o planejamento de seu superior mesmo que a equipe seja pequena irá se destacar sobre as demais existentes. Sun Tzu se tornou uma lenda no mundo das guerras, mas também se tornou referência no mundo dos negócios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atividades do Blog